Domingo
19 de Agosto de 2018 - 
Menu

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,94 3,94
EURO 4,49 4,49

Previsão do tempo

Hoje - São Paulo, SP

Máx
26ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Segunda-feira - São Paulo, S...

Máx
28ºC
Min
15ºC
Parcialmente Nublado

Terça-feira - São Paulo, SP

Máx
28ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - São Paulo, SP

Máx
26ºC
Min
16ºC
Parcialmente Nublado

News

Estudantes do Centro Universitário Estácio participam de júri simulado no Palácio da Justiça

Alunos utilizaram caso verídico na atividade. Na manhã desta sexta-feira (9), alunos do curso de Direito do Centro Universitário Estácio estiveram na sede do Judiciário paulista para a simulação de uma sessão de júri popular. Na ocasião, os estudantes atuaram como juiz, promotor, advogados, testemunhas, réu e jurados, na adaptação de um caso real, julgado em 2016. Em 2013 uma mulher teria incendiado o marido enquanto ele dormia. A acusada, no entanto, alegou que sofria maus-tratos por parte do esposo e que, no dia dos fatos, ao tentar incendiá-la, o homem acabou ateando fogo em si mesmo, porque estava embriagado. Após oitiva das testemunhas e interrogatório da ré, ocorreram os debates entre acusação e defesa. O Conselho de Sentença, então, se reuniu para votar dois quesitos: materialidade (se a vítima foi morta) e autoria (se a acusada seria a autora do crime). Ao final do júri simulado, a ré foi absolvida. Os alunos ficaram muito satisfeitos com a atividade. A estudante Angela Alves, do décimo semestre, atou como assistente de acusação. “Foi uma experiência única”, afirmou. Fernando Monteiro, que está no nono semestre, foi o advogado e já decidiu que seguirá sua carreira na área penal. “A atividade curricular fora do ambiente acadêmico é edificante e o clima deste Salão do Júri faz com que nos envolvamos ainda mais no papel que desempenhamos”, disse. Alunos de outros semestres do curso de Direito também acompanharam a simulação na plateia. “A prática jurídica para os alunos de Direito é de suma importância; o aluno aprende mais simulando um júri e fazê-lo no Tribunal de Justiça é um diferencial”, ressaltou a professora Daniela Rodrigues da Silva Matos, coordenadora do Núcleo de Prática Jurídica do Centro Universitário Estácio. As visitas monitoradas e os júris simulados no Tribunal de Justiça de São Paulo são agendados pela Diretoria de Relações Institucionais, pelo telefone (11) 3117-2596. Mais fotos no Flickr.
09/03/2018 (00:00)
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.