Terça-feira
23 de Outubro de 2018 - 
Menu

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,69 3,69
EURO 4,23 4,23

Previsão do tempo

Hoje - São Paulo, SP

Máx
28ºC
Min
18ºC
Pancadas de Chuva a

Quarta-feira - São Paulo, SP

Máx
23ºC
Min
15ºC
Chuva

Quinta-feira - São Paulo, SP

Máx
23ºC
Min
17ºC
Nublado e Pancadas d

Sexta-feira - São Paulo, SP

Máx
24ºC
Min
17ºC
Pancadas de Chuva a

News

Estudantes do Centro Universitário Estácio participam de júri simulado no Palácio da Justiça

Alunos utilizaram caso verídico na atividade. Na manhã desta sexta-feira (9), alunos do curso de Direito do Centro Universitário Estácio estiveram na sede do Judiciário paulista para a simulação de uma sessão de júri popular. Na ocasião, os estudantes atuaram como juiz, promotor, advogados, testemunhas, réu e jurados, na adaptação de um caso real, julgado em 2016. Em 2013 uma mulher teria incendiado o marido enquanto ele dormia. A acusada, no entanto, alegou que sofria maus-tratos por parte do esposo e que, no dia dos fatos, ao tentar incendiá-la, o homem acabou ateando fogo em si mesmo, porque estava embriagado. Após oitiva das testemunhas e interrogatório da ré, ocorreram os debates entre acusação e defesa. O Conselho de Sentença, então, se reuniu para votar dois quesitos: materialidade (se a vítima foi morta) e autoria (se a acusada seria a autora do crime). Ao final do júri simulado, a ré foi absolvida. Os alunos ficaram muito satisfeitos com a atividade. A estudante Angela Alves, do décimo semestre, atou como assistente de acusação. “Foi uma experiência única”, afirmou. Fernando Monteiro, que está no nono semestre, foi o advogado e já decidiu que seguirá sua carreira na área penal. “A atividade curricular fora do ambiente acadêmico é edificante e o clima deste Salão do Júri faz com que nos envolvamos ainda mais no papel que desempenhamos”, disse. Alunos de outros semestres do curso de Direito também acompanharam a simulação na plateia. “A prática jurídica para os alunos de Direito é de suma importância; o aluno aprende mais simulando um júri e fazê-lo no Tribunal de Justiça é um diferencial”, ressaltou a professora Daniela Rodrigues da Silva Matos, coordenadora do Núcleo de Prática Jurídica do Centro Universitário Estácio. As visitas monitoradas e os júris simulados no Tribunal de Justiça de São Paulo são agendados pela Diretoria de Relações Institucionais, pelo telefone (11) 3117-2596. Mais fotos no Flickr.
09/03/2018 (00:00)
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.